Plataforma para Avaliação de Impactos Técnicos da Inserção de Geração Distribuída Fotovoltaica em Larga Escala na Rede de Distribuição

“As fontes de energia fotovoltaica, principalmente aquelas empregadas na modalidade de geração distribuída conectada à rede de energia, têm experimentado forte crescimento no Brasil e com tendência de expansão. Embora essas fontes tragam benefícios direto ao consumidor, em especial pela autogeração para suprimento de parte de seu consumo de energia elétrica, elas podem impactar alguns parâmetros de qualidade da rede de distribuição quando inseridas em larga escala. Esse trabalho apresenta resultados de impactos técnicos da inserção de fontes de Geração Distribuída Fotovoltaicas (GDFV) dispersas em um alimentador da rede de distribuição, a partir de projeções de cenários de inserção dessas fontes em unidades consumidoras residenciais. Resultados mostram que, para alguns cenários de penetração, ocorre violação dos limites de tensão estabelecidos pelo PRODIST. No que diz respeito às perdas técnicas, para os cenários estudados, observa-se diminuição dessas perdas em kWh com o aumento da penetração das fontes de GDFV, como consequência direta da diminuição da energia fornecida pela subestação. Tais resultados foram obtidos a partir de uma plataforma de avaliação de impactos técnicos da inserção de GDFV, desenvolvida segundo a metodologia proposta pela padronização IEEE 1547.7.

Artigo desenvolvido como resultado do projeto de P&D ANEEL “”PD-05160-1706/2017 – Análise Técnica, Regulatória e Econômica dos Impactos da Inserção de Geração Distribuída Fotovoltaica em Larga Escala na Rede de Distribuição da CEB””, no âmbito do Programa de P&D da CEB com a participação da FITec.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*